26 de março de 2016

É sempre um exercício

 aceitar a cadência sem drama, nem euforia.

É bom estar aqui

neste pedaço do mundo 
onde também respiras, 
onde existe a possibilidade de te olhar.

Ainda bem que não vens

Hoje não iria resistir-te. Hoje o meu querer iria sucumbir à minha vontade, hoje toda a distância iria sucumbir à saudade. Hoje iria...
Mas por eu não querer e tu aceitares, sei que nos vamos perder. E pelas minhas mil lágrimas rolam os beijos que não se encostarão à tua pele.
Cai uma noite para nascer um novo dia.

Éire

Éire, March 2016

No cinzento faço um túnel para o futuro, para o presente... vivo lá agora. sinto aqui o calor do sudoeste, a paz das cores e o balsamo dos cheiros. O tempo pára e eterniza-se... as datas são só números e os dias um jogo de luz e sombra. A alma, sem idade, respira fundo abençoada num momento de intemporalidade, leve e profundo!

11 de março de 2016

Ele teve uma

PULMONIA e até fez um TACO!