10 de junho de 2010

A cela que se desfaz abrindo a mão


Estás a sufocar, iludindo-te ao respirar aqui e ali grandes lufadas de ar. Tira a máscara, põe-te a nu, deixa-te ser naturalmente com medo, naturalmente humano e simplesmente grande onde importa ser.

4 comentários:

  1. A mim foi o teu comentário que me fez sorrir :-P

    ResponderEliminar
  2. O mundo que se constrói abrindo o coração.
    É um pedido e tanto. Pior: é viável! :)

    ResponderEliminar
  3. Pertinente esse teu "pior", é mesmo! Bjs

    ResponderEliminar